Release

NASI – VIVO NA CENA

Escrever sobre o Nasi pra mim é um prazer, principalmente ao assistir esse DVD. De certa forma fico orgulhoso ao ver alguém da minha geração fazendo um trabalho decente, respeitável e acima de tudo que não se vendeu ou ficou deslumbrado com a possibilidade de fazer sucesso a qualquer custo. Isso porque muitos da minha geração se perderam nessa possibilidade e acabaram não desenvolvendo um trabalho mais consistente.

Em seu DVD “Vivo na Cena” Nasi dá uma verdadeira aula de rock and roll e suas vertentes.É mais do que um simples DVD gravado ao vivo no estúdio, é um workshop musical, deveria ser instituído como matéria obrigatória nas escolas de música. Essas crianças de hoje deslumbradas com o pop “coxinha” (como ele mesmo descreve no DVD) deveriam todos assistirem esse DVD, pra pelo menos terem uma noção de como se faz rock and roll.

No DVD, além das 17 músicas apresentadas, encontramos nos “extras” uma biografia comentada de toda carreira do Nasi. Fotos e ainda depoimentos dele mesmo num faixa a faixa de “Vivo Na Cena”.

Um super time de músicos acompanham Nasi em “Vivo Na cena” e são sua banda de apoio:

Johnny Boy – um multi instrumentista do rock brasileiro, trabalhou com Marcelo Nova , gravou com Raul Seixas e fez parte do Nasi e os Irmãos do Blues.
André Youssef – tecladista, fera da cena do blues brasileiro.
Nivaldo Campopiano – um dos melhores guitarristas brasileiros. Na década de 80 fez parte do Muzak.
Evaristo Pádua – excelente baterista influenciado por mestres como Ginger Baker , John Bonham e Keith Moon , acho que não preciso dizer mais nada!

Além dessa super banda o DVD conta com convidados muito especiais:

Marcelo Nova canta com Nasi a homenagem a Raul Seixas em “Rockixe”.
Vanessa Krongold (vocalista da sensacional banda paulista Ludov) em “Por Amor” música de Zé Rodrix.
Miguel Barella – guitarrista fundamental da cena pós punk paulistana da década de 80 e que junto com Nasi integrava o Voluntários da Pátria.
Apollo Nove – músico e produtor dos mais conceituados, responsável por trabalhos de Otto, Nação Zumbi a Rita Lee.
Manito – o mais cultuado saxofonista do rock brasileiro desde os primórdios do nosso rock and roll (The Clevers e Incríveis). E um super naipe de metais composto por: Ivo “ Mineiro” trompete , Rodrigo Bento sax barítono, Osmar de Aguiar trombone e Todd Murphy trombone.
Dinho Nascimento – famoso percussionista baiano, tocando congas e Berimbum (instrumento que ele criou).

A gravação / mix ficou por conta do lendário Roy Cicala (que tem um dos mais invejáveis currículos da história do rock, John Lennon,Bruce Springsteen,David Bowie, Patti Smith,Aerosmith e mais uma invejável lista de rock stars) e sócio do Record Plant de NY.

No DVD Nasi apresenta um faixa a faixa do disco, mas vale a pena comentá-lo aqui nesse release, pois o repertório foi preparado com um tremendo bom senso e bom gosto musical, que merece ser citado:

1- OGUN -Parceira de Nasi com o guitarrista Nivaldo Campopiano abre o DVD. Nasi cita uma referencia importantíssima da história do rock britânico, The Spencer Davis Group.

2- O TEMPO NÃO PARA- A aula de rock continua com o clássico de Cazuza, numa releitura mais para um blues psicodélico. Um arranjo meio “floydeano”.

3- NÃO CAIO MAIS – Essa música é de uma banda pernambucana chamada The River Raid, que faz parte dessa nova geração de bandas independentes inspiradas em Mutantes e indie rock.

4- VERDADES E MENTIRAS – Gravada pelo Voluntários da Pátria em 1983. Uma cultuada banda do pós punk paulista formada por Nasi alem de Miguel Barella , Frippi ,Gaspa e Thomas Pappon ( Felini) .

5- AQUI NÃO É O MEU LUGAR -Fruto da parceria Nasi e Nivaldo, encontramos uma levada mais pro rock dessa década com ares de Johnny Cash.

6- GAROTA DE GUARULHOS – Essa é uma das tantas boas surpresas desse trabalho. Nasi escolheu uma versão da música “Jersey Girl” de Tom Waits um dos mais geniais compositores e interpretes vanguardistas, feita pelo compositor Carlos Carega.

7- POR AMOR – Música de Zé Rodrix, que fez parte do acústico do Ira! E traz como convidada a cantora Vanessa Krongold da banda Ludov. A referencia The Who é fortíssima no instrumental dessa nova versão.

8- MILHAS E MILHAS – Música que fez parte do álbum “Entre Seus Rins” do Ira! Lançado em 2001, é uma parceria do baixista Gaspa, Nasi e Mauro Matoki (Ludov ) . Versão com muito drive!

9- TARDE VAZIA – Foi um dos sucessos do acústico do Ira! Outra composição de Gaspa. Dessa vez Nasi resolveu dar um jeito mais soul music ao arranjo . O melhor que a musica que já teve.

10 – ROCKIXE – Quem não é fã de Raul Seixas nesse país? Por essa razão também temos o momento “toca Raul” e Nasi escolheu Rockixe e ainda chamou Marcelo Nova pra completar os vocais. Homenagem mais que justa ao nosso “rei do Rock”. Parece que foi composta dos dois band leaders.

11- BALA COM BALA – Outra surpresa mais do que agradável. Coisa de gênio do bom gosto! Bala com Bala é uma música de João Bosco com letra de Aldir Blanc, eternizada em 1972 pela gravação de Elis Regina. A aula de Nasi continua na referencia dada a Dr. John ao arranjo . Minha nossa! Dr John esse é mais um que a garotada deveria consultar. Um dos mais importantes músicos de New Orleans. Sua obra passeia entre o jazz, o rock psicodélico, o blues, boogie woogie e os ritmos folclóricos como o Zydeco.

12- CARNE E OSSO – Outra feliz escolha de Nasi, “Carne e Osso” é da banda de pós punk carioca dos anos 80, Picassos Falsos. Já foi gravada até por Marina Lima.

13 – ONDE ESTOU? – Gravada pelo Muzak em seu primeiro álbum ,com letra de Nasi e Ciro Pessoa ( Titãs do Iê Iê Iê e Cabine C). Um lado B dos anos 80.

14 – DESEQUILÍBRIO – Gravada originalmente pela banda de Olinda Eddie em seu mais recente disco. Nasi aproveitou para fazer uma versão mais western /bluegrass.

15- POEIRA NOS OLHOS – Originalmente gravada no segundo disco de Nasi e os Irmãos do Blues. A fonte de inspiração foi a música “Equinox” de John Coltrane , uma adaptação dessa melodia. Com um sensacional solo de sax dessa lenda viva do rock brasileiro: Manito.

16- EU SÓ PODERIA CRER – Composição de Fred 04 e gravada no primeiro cd do Eddie.Com citações dos Stones e Jorge Benjor .

17- ME DÊ SANGUE – Encerra o disco com um afro blues. O percussionista Dinho Nascimento mistura seu berimbum de forma sensacional aos violões e gaita nesse country blues, a la Son House, de Nasi e Johnny boy. .

“Nasi registrou os melhores momentos de sua carreira nesse DVD, (Ira!, Voluntários da Pátria e Irmãos do Blues) resgatou perolas da musica popular (Raul Seixas, João Bosco e Zé Rodrix) o pós punk dos 80 (Voluntários, Muzak e Picassos Falsos) deu voz a nova geração ( Eddie, The River Raid, Fred 04 e Ludov ). Incluiu também canções inéditas e fez desse trabalho um dos mais incríveis feitos por alguém da minha geração. Como eu disse no começo uma aula de rock and roll.”
KID VINYL

NASI – VIVO NA CENA
Gravado ao vivo por Roy Cicala e Apollo Nove no NaCena Studios em 29 e 30 de setembro de 2009
Mixado por Roy Cicala no SA Plant
Imagens Reticom Filmes – Direção de Tiaraju Aronovich e Gunther Mittermayer
Produzido por Nasi e Vagner Garcia
Lançamento Coqueiro Verde

Anúncios